Early Call - 01/11/2021

Early Call - 01/11/2021

Segunda-feira, 01 de Novembro de 2021

Link para o vídeo

Para Ficar Atento

Nos EUA, as questões de cadeia de fornecimento e a inflação estarão naturalmente na mente dos investidores enquanto observam a temporada de resultados das empresas, bem como o tamanho do impacto da desaceleração do crescimento dos EUA no terceiro trimestre sobre estas companhias, e o que isso significa para suas respectivas projeções.

Aqui, a política prevalece como principal driver dos mercados, com a greve dos caminhoneiros a partir de hoje.

Mercados na sexta-feira:

Câmbio:

O dólar teve mais um dia volátil nesta última sessão de outubro encerrando mais um dia em alta. No mês sobe quase 4% em meio a incertezas fiscais e pressão externa.

Ações Brasil:  

O temor do mercado quanto ao furo do teto de gastos, com as indefinições sobre o Auxílio Brasil, e a preocupação da interferência do governo na política de preços dos combustíveis da Petrobras afetaram o Ibovespa, que caiu pelo quarto mês seguido, perdendo 6,74% em outubro. O volume negociado foi de R$ 37,3 bilhões.

USA:

Apesar de alguns balanços de destaque abaixo das expectativas, uma decisão surpresa do banco central e de dados econômicos pouco inspiradores, os mercados seguiram adiante para fechar outubro em alta. Os principais índices dos EUA - S&P 500, NASDAQ Composite e Dow Jones Industrial Average - estabeleceram todos recordes históricos de fechamento.

Notícias Corporativas

Grupo Fleury (FLRY3)

O Grupo Fleury (FLRY3) divulgou nesta quinta (28) seu resultado do terceiro semestre de 2021. A empresa registrou lucro líquido de R$ 95 milhões no período, correspondente a queda de 28,1% comparado ao mesmo período em 2020. A companhia teve lucro de R$ 279,1 milhões no acumulado do ano, que representa aumento de 137,6% em relação aos primeiros nove meses do ano passado.

O Ebitda da Fleury (lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização) de R$ 288,6 milhões no trimestre, recuo de 10,9% ante o mesmo período do ano passado. A margem Ebtida teve queda de 898 pontos-base, passando de 37% para 28%. No acumulado do ano, o Ebitda foi de R$ 793,8 milhões, alta anual de 47,2%.

A receita líquida da Fleury foi de R$ 1,107 bilhão entre julho e setembro, com avanço de 17,3% ante o mesmo intervalo de 2020. A empresa também alcançou geração de caixa operacional de R$ 255,7 milhões no trimestre, com alta de 46% ante igual intervalo de 2020.

image

Os custos dos serviços prestados apresentaram nova alta de 28,7% no período, a R$ 722,3 milhões. Mais uma vez, pesou o crescimento das despesas com pessoal e serviços médicos, que avançou 34,1%, em função do aumento no número de contratações para o atendimento da maior demanda nas unidades de atendimento, pela expansão das rotas no atendimento móvel e remuneração médica em função do aumento de volume de exames.

As despesas operacionais da Fleury e equivalência patrimonial somaram R$ 121,4 milhões, aumento de 58% ante os mesmos meses de 2020, com avanço de 71,2% em despesas gerais e administrativas.

A dívida líquida do Fleury ao fim de setembro chegou a R$ 1,446 bilhão, crescimento de 75,1% ante um ano antes. A alavancagem medida pela relação da dívida líquida sobre o Ebitda LTM ficou em 1,3 vez. O capex somou R$ 90,9 milhões, crescimento anual de 188,1%.

No trimestre, os investimentos totalizaram R$ 90,9 milhões, representando um aumento de 188,1% em relação ao terceiro trimestre de 2020.

Em comentário que acompanha o balanço, a administração do laboratório destaca que houve crescimento nos exames eletivos, ao mesmo tempo que houve diminuição consistente da participação de exames de covid-19 no faturamento do grupo.

image

Os exames de análises clínicas tiveram expansão de 9,1% em relação ao mesmo período do ano passado. Os de imagem tiveram crescimento anual de 16,8%. “Além disso, pela primeira vez registramos um volume maior que o do período pré-pandemia, numa expansão de 10,6% em relação ao terceiro trimestre de 2019”, destaca a empresa.

Sobre os testes de covid, foram realizados 400 mil exames no período, o equivalente a 6% da receita bruta, o menor índice desde que o Fleury começou a oferecer este serviço.

A ação do Fleury (FLRY3) encerrou o pregão de sexta em alta de 2,67%, valendo R$ 18,83.

Fonte: Suno Notícias, Infomoney e Investing.com

image