Early Call - 22/10/2021

Early Call - 22/10/2021

Sexta-feira, 22 de Outubro de 2021

Link para o vídeo de hoje:

Para Ficar Atento

Nos EUA, O presidente do Fed, Jerome Powell fará um pronunciamento 12h. Os traders acompanham os discursos de Powell porque esses discursos são frequentemente utilizados para dar informações ou dicas sobre a política monetária futura.

Evergrande envia fundos para conta no Citibank e evita formalizar calote - bolsas europeias em alta com notícias positivas sobre o China Evergrande.

No Brasil, a situação fiscal do país continua na pauta dos mercados, em meio à debandada da equipe econômica, Paulo Guedes já perdeu 19 assessores desde início do governo e do time principal, só sobrou Carlos da Costa.

Mercados ontem:

Câmbio:

O dólar disparou contra o real nesta quinta-feira e fechou numa nova máxima em seis meses, depois de chegar a superar os 5,69 reais no pico intradiário, refletindo pânico generalizado dos mercados brasileiros com possível descontrole fiscal após o governo confirmar planos de contornar o teto de gastos para financiar medidas vistas como populistas.

Ações Brasil:  

Em meio a temores sobre a situação fiscal do país, o Ibovespa caiu para as mínimas desde novembro e fechou em baixa de 2,75%. Ao longo do dia, o CDS de cinco anos do Brasil, conhecido como medida de risco do país, atingiu sua máxima em seis meses. O volume negociado foi extraordinário, de R$ 48,8 bilhões.Em meio a temores sobre a situação fiscal do país, o Ibovespa caiu para as mínimas desde novembro e fechou em baixa de 2,75%. Ao longo do dia, o CDS de cinco anos do Brasil, conhecido como medida de risco do país, atingiu sua máxima em seis meses. O volume negociado foi extraordinário, de R$ 48,8 bilhões.

USA:

As bolsas em NY fecharam a sessão sem direção única, com destaque para S&P 500, que no meio da tarde renovou a máxima histórica intraday, já Dow Jones teve leve queda e Nasdaq fechou em alta. Investidores operaram com certa cautela, mas as ações de empresas de tecnologia sustentaram parte dos índices.

Notícias Corporativas

Suzano (SUZB3)

Uma das maiores produtoras verticalmente integradas de papel e celulose de eucalipto da América Latina, revisou suas metas em relação à redução de emissão de carbono e anunciou, nesta quinta-feira (21), a decisão de antecipar, de 2030 para 2025, a remoção de 40 milhões de toneladas de carbono da atmosfera.

A meta consta no programa “Compromisso para Renovar a Vida” da Suzano, que abrange 14 objetivos da companhia a serem concluídos no longo prazo –desde a remoção de carbono da atmosfera até a inclusão de diversidade no time de funcionários.

De acordo com a Suzano, a antecipação da meta em relação à emissão de carbono tem como base a ampliação da cobertura vegetal até 2025. A empresa de papel e celulose prevê “por meio de plantios comerciais e de áreas destinadas à conservação, em locais antes degradados e antropizados”, alcançar o objetivo. Além disso, a companhia se comprometeu a continuar, por meio de seus processos de pesquisa e gestão, a aprimorar seu manejo florestal de forma a evitar perdas, a maximizar a produtividade e a ampliar a remoção de carbono.

image

E acrescenta: “Em paralelo, a Suzano seguirá atuando com iniciativas e frentes efetivas para reduzir as suas emissões de gases de efeito estufa em suas operações próprias e na cadeia.”

A Suzano registrou lucro líquido de R$ 10,037 bilhões no segundo trimestre de 2021, deixando para trás o prejuízo de R$ 2,053 bi registrado um ano antes. O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) Ajustado atingiu R$ 5,942 bilhões, avanço de 42% na comparação anual e alta de 22% sobre os primeiros três meses deste ano. A receita líquida da companhia de papel e celulose chegou a R$ 9,844 bilhões, avanço de 23% em um ano e de 11% trimestre contra trimestre.

A geração de caixa operacional da empresa chegou a R$ 4,9 bilhões entre abril e junho, alta de 47% em relação ao mesmo período do ano passado. Trata-se do maior resultado trimestral desde a constituição da Suzano S.A., em janeiro de 2019.

No período de 12 meses entre julho de 2020 e junho de 2021, a geração de caixa operacional totalizou R$ 14,6 bilhões.

O resultado do terceiro trimestre da Suzano será divulgado no dia 28 de outubro, antes da abertura da bolsa de valores.

Nesta quinta-feira, a cotação da Suzano subiu 1,65% no Ibovespa, com as ações sendo negociadas a R$ 49,20.

image

Fonte: Suno notícias, Infomoney e seudinheiro.com

image