Early Call - 29/11/2021

Early Call - 29/11/2021

Segunda-feira, 29 de Novembro de 2021

Para Ficar Atento

Variante Ômicron do coronavírus causa sintomas leves, diz associação médica sul-africana.

Nos EUA, os investidores estarão em busca de novos insights sobre a perspectiva de recuperação econômica em meio às novas incertezas da pandemia.

No Brasil, será conhecido o IGP-M de novembro e a divulgação do Boletim Focus, cada vez mais relevante por apresentar possíveis caminhos para a política monetária do Banco Central.

Mercados ontem:

Câmbio:

O dólar subiu frente ao real nesta sexta-feira, acompanhando movimento internacional de aversão a risco em meio ao pânico de investidores com a descoberta de uma nova variante do coronavírus.

image

Ações Brasil:  

A aversão ao risco nos mercados globais diante da nova cepa do coronavírus, batizada de Ômicron pela OMS, deixou estragos no Ibovespa. O volume financeiro ficou em R$ 28,3 bilhões.

image

USA:

Wall Street tem pregão mais curto e desaba com nova variante do coronavírus - Imprensado com o feriado de Ação de Graças da quinta-feira, o pregão desta sexta foi impactado basicamente pela variante Omicron, descoberta na África do Sul e já identificada na Europa e Ásia.

image

Notícias Corporativas

Alliar (AALR3)

A segunda maior empresa de diagnósticos por imagem do Brasil, que tem entre os seus laboratórios, o CDB, em São Paulo, registrou lucro líquido de R$ 9,2 milhões no terceiro trimestre de 2021. O valor reverteu o prejuízo do mesmo período no ano passado, que foi de R$ 1,9 milhões. No relatório, a companhia destacou que esse é o quarto trimestre de resultados consistentes, com aumento da receita, EBITDA e lucro líquido.

No 3TRI21, a Alliar (AALR3) alcançou receita líquida de R$ 298 milhões, um incremento de 15,1% em relação ao mesmo período de 2020. Segundo relatório do trimestre, esse desempenho deve-se à retomada do core business, com destaque para os exames de imagem e um forte posicionamento em análises clínicas (AC). Considerando os exames de Covid, o faturamento de AC alcançou R$ 51,8 milhões no trimestre e R$ 174,3 milhões no acumulado do ano.

Além disso, a receita também foi favorecida pela participação dos novos negócios, como o iDr (com receita total de R$ 13,5 milhões no acumulado do ano) e lançamento do marketplace Cartão Aliança.

image

Segundo a Alliar (AALR3), o aumento do lucro bruto reflete diretamente a retomada do crescimento e a normalização da receita, aliado ao rígido controle de custos da operação. Isso por causa das renegociações de contratos junto aos maiores fornecedores da companhia. No acumulado de 2021, o EBITDA atingiu R$ 221,9 milhões, um crescimento de R$ 155,6 milhões no comparativo anual. Da mesma forma, o melhor desempenho é atribuído à retomada da receita e ao trabalho de contenção de gastos, além da renegociação de custos e despesas.

O Empresário Nelson Tanure consegue o controle da Alliar, mas paga caro.

Após cem dias de uma disputa acirrada pelo controle da Alliar, o empresário baiano, Nelson Tanure, enfim, tornou-se o maior acionista da rede de medicina diagnóstica. Na sexta-feira, os acionistas do bloco de controle — cuja fatia é de quase 53% da companhia — aceitaram a proposta de Tanure, que se comprometeu a pagar R$ 20,50 pela ação. O preço representa um prêmio de 65,5% sobre a cotação de 17 de novembro, data anterior à proposta.

Caso todos os acionistas do bloco de controle vendam seus papéis, o empresário vai desembolsar perto de R$ 1,3 bilhão e passará a deter cerca de 83% da companhia. Ele já era dono de quase 30% da Alliar, sendo que 25% foram vendidos, em agosto, pelo Pátria, a gestora de private equity que criou a rede de medicina diagnóstica. Já o restante das ações, o empresário comprou no mercado nos últimos meses.

Após esse acordo, Tanure precisa fazer uma oferta pública de aquisição (OPA) aos minoritários, nas mesmas condições, como determinam as regras do Novo Mercado. A fatia no mercado é de 17%.

Considerando as fatias que o empresário já adquiriu do Pátria e no mercado e uma adesão de 100% na OPA, o investimento de Tanure na Alliar pode atingir R$ 2,3 bilhões. Ele pagou R$ 18 pelo papel na transação com a gestora e um pouco menos desse preço pelas ações que comprou na B3.

Ainda não se sabe qual será a adesão do bloco de controle e do “free float”. Segundo fontes, Tanure vem num esforço para que eles permaneçam no negócio ou vendam só parte das ações com o argumento de que a companhia vai crescer sob seu comando. A ideia é colocar sua filha, médica e sócia de um pequeno laboratório no Rio, na Alliar. No acumulado dos nove primeiros meses deste ano, a Alliar teve receita líquida de R$ 865 milhões e lucro de R$ 33 milhões.

Negociador adepto a práticas polêmicas, Tanure se surpreendeu com o contra-ataque dos médicos acionistas, um grupo pouco experiente a investidas tão agressivas. No entanto, em poucas horas, após a primeira proposta do empresário, os médicos se juntaram e formaram um bloco de controle com cerca de 50 sócios. Assessorados pelo escritório Pinheiro Neto, os médicos conseguiram se blindar, negaram propostas ruins e no fim venderam sua fatia por um preço superior ao que o Pátria negociou com o empresário.

Antes dessa última proposta de R$ 20,50, Tanure tentou adquirir até 20% do bloco de controle por R$ 19. Após ter essa oferta rejeitada, ele entrou com uma ação judicial contra os dois maiores acionistas, os médicos Sergio Tukif e Roberto Kalil Issa, alegando que ambos tinham negócios com partes relacionadas na Alliar. O objetivo da ação era que as acusações fossem levadas à assembleia de acionistas, o que colocaria em xeque a credibilidade dos médicos e, consequentemente, poderia haver o afastamento de ambos. Essa estratégia também fracassou.

Nessa novela, houve ainda a participação de alguns coadjuvantes como a que apresentou uma OPA para ficar com a Alliar, mas pagando R$ 11,50. O Fleury também surgiu como um potencial interessado, pediu mais prazo para analisar o negócio, que já havia olhado anos antes, mas nesses últimos três meses, nunca efetivou uma oferta. Como disse uma fonte: “o Fleury queria dançar valsa, mas Tanure é rock and roll”.

Fonte: Valor Econômico, Infomoney e Investing.com